Peixaria do Bolhão
B171

Peixaria do Bolhão

Banca: 171

D. Maria Alice está há 55 anos a espalhar boa-disposição no Bolhão. A sua ida para o mercado ocorreu por um mero acaso: a sua tia Rosalina, que tinha uma "barraquinha" de peixe, partiu um pé e chamou a sua sobrinha para a ir substituir. Maria Alice tinha 17 anos e estava na época a trabalhar numa fábrica de madeiras, no entanto a sua experiência no mundo de trabalho existia desde que tinha 13 anos e trabalhara na Peixaria do Padrão. Por essa razão, a tia Rosalina não hesitou em escolher a sobrinha para ir para o seu lugar, que no dia seguinte estava a apresentar-se prontamente para iniciar o trabalho. Mais tarde, a tia regressou à banca, mas Maria Alice permaneceu a ajudá-la, de tão evidente ser o seu jeito para o peixe e para animar os clientes que por lá passavam. A sua irmã, Ana Maria, e também a nora da sua tia Rosalina juntaram-se ao serviço e por lá continuaram a trabalhar juntas por muitos anos. 

Só há cerca de 20 anos é que o negócio da tia passou para o nome de Maria Alice, que o mantém até hoje. Com quase 73 anos e a enfrentar, há já algumas décadas, desafios na sua saúde, a comerciante preserva a força e a alegria que a caracterizam e continua a ir para o Bolhão inspirar os outros a serem felizes.